SÃO PAULO - A OffShore Services X (OSX), futuro estaleiro a ser instalado em Santa Catarina pelo grupo EBX do empresário Eike Batista, teve que reduzir suas pretensões para levar adiante sua oferta de ações. Conforme antecipado por matéria do jornal Valor, o mercado achou caro o preço sugerido para as ações na oferta inicial da companhia, que variava entre R$ 1.

000 e R$ 1333,33. Com isso, a empresa e bancos coordenadores optaram por mudar as condições da oferta. O preço mínimo sugerido desceu para R$ 800,00 e a quantidade de ações emitidas também foi diminuída. Segundo as informações de mercado, a esse preço, os coordenadores têm demanda firme para cerca de US$ 1,2 bilhão.

Em Comunicado ao Mercado divulgado hoje, a OSX e os coordenadores Credit Suisse, Itaú BBA, Bradesco BBI, BTG Pactual e Morgan Stanley, anunciam que a oferta inicial foi reduzida para 3.063.000 ações ordinárias ante a ideia inicial de vender 5.511.739 ações.

Dessa forma, a venda inicial somará R$ 2,45 bilhões. Incluindo os lotes suplementar e adicional de 15% e 20%, respectivamente, o montante chega a R$ 3,30 bilhões.

Para efeito de comparação, considerando o piso da oferta em seus termos originais, a distribuição renderia R$ 5,51 bilhões, podendo chegar a R$ 7,44 bilhões. No teto, os montantes seriam a R$ 7,34 bilhões a R$ 9,92 bilhões com lotes extras.

O comunicado também confirma que foi dada uma opção de compra a Eike Batista, controlador da companhia, no limite máximo de US$ 1 bilhão. Os papéis poderão ser comprados entre 24 de março de 2010 a 23 de março de 2013. O preço de subscrição será o mesmo da oferta corrigido pelo IGP-M.

Ainda de acordo com reportagem do jornal Valor, o empresário teria dado garantias pessoais para a operação, o que seria uma sinalização de que, a esse preço, as ações estão baratas.

Em função das alterações da oferta, o preço por ação que seria fixado hoje será conhecido apenas na quinta-feira, dia 18. Com isso, os papéis chegam ao Novo Mercado da Bovespa na segunda-feira, dia 22 de março, sob o código OSXB3.

Os investidores qualificados (título dado a quem tem mais de R$ 300 mil em investimentos) que já tinham efetuado pedido de reserva podem desistir. Aqueles que se enquadram na oferta de dispersão tem até o dia 23 para mudar de ideia. No entanto, não podem negociar os ativos no dia 22; caso contrário, será considerada aceita a participação. Para os demais investidores qualificados, a desistência pode ser comunicada até dia 18.

(Eduardo Campos | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.