Tamanho do texto

A presidente de um dos órgãos reguladores do setor bancário americano disse, nesta terça-feira, que também é necessário destinar uma parte do plano de resgate aprovado pelo Congresso para estabilizar os bancos para ajudar os proprietários imobiliários que podem perder suas casas.

Hoje, a presidente do organismo de seguros dos depósitos bancários (FDIC, sigla em inglês), Sheila Bair, defendeu seu plano destinado a reduzir a quantidade de hipotecas, até então ignorado pelo secretário americano do Tesouro, Henry Paulson, cérebro do programa de resgate de 700 bilhões de dólares.

"Precisamos de uma solução nacional para esse problema nacional", insistiu Bair, durante uma audiência na Comissão de Serviços Financeiros da Câmara de Representantes do Congresso americano.

"Precisamos acelerar um programa federal que tenha o potencial de chegar a todos os proprietários de casas, sem importar quem tem suas hipotecas", disse Bair, lembrando das linhas gerais de seu plano de 24,4 bilhões de dólares para reestruturar créditos imobiliários de prestatários com problemas.

Segundo a FDIC, esse programa evitaria 1,5 milhão de hipotecas.

mj/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.