Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ordonez, do BCE, diz ser possível corte de juros em janeiro

Por Paul Day e Gavin Jones MADRI/ROMA (Reuters) - O Banco Central Europeu tende a cortar as taxas de juros no próximo mês se as expectativas de inflação tiverem bem abaixo de sua meta de cerca de 2 por cento, disse o membro do conselho do BCE Miguel Angel Fernandez Ordonez no domingo.

Reuters |

"Decidiremos em janeiro. Se, entre outras variáveis, virmos que as expectativas de inflação estão bem abaixo de 2 por cento, é lógico pensar que cortaremos a taxa", o presidente do banco central da Espanha disse ao jornal El País.

Ele tinha sido perguntado se o BCE cortaria os juros após o movimento inesperado do Federal Reserve este mês, que cortou os juros a 0-0,25 por cento.

Muitos economistas esperam que a inflação na zona do euro caia abaixo de 1 por cento em 2009 por conta da forte redução dos preços de commodities e fraca demanda.

O BCE reduziu a taxa de juros em 0,75 ponto para 2,5 por cento este mês, seu maior corte da história, e alguns analistas vinham esperando que ele fizesse uma pausa em janeiro.

Comentários recentes de membros do conselho têm sugerido que o banco pode estar dividido sobre o melhor curso a ser tomado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG