Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Orçamento de 2009 prevê alta de investimentos e mínimo de R$ 464,72

BRASÍLIA - A proposta de Orçamento Geral da União de 2009 apresentada nesta quarta-feira pelo governo federal prevê um aumento nas receitas, despesas e investimentos do poder Executivo, na comparação com os resultados previstos para este ano. O salário mínimo também vai crescer, indo dos atuais R$ 415 para R$ 464,72 - um reajuste de 12%.

Valor Online |


O total de investimentos no ano que vem deve ficar em R$ 119,1 bilhões, acima dos R$ 95,8 bilhões projetados para 2008. Nesses montantes estão incluídas verbas do governo federal e também das estatais.

Os investimentos do governo devem crescer de R$ 32,9 bilhões em 2008 para R$ 39,4 bilhões em 2009. Já os das estatais federais devem subir de R$ 62,9 bilhões para R$ 79,7 bilhões nessa comparação.

As receitas líquidas do governo central, já descontadas as transferências a estados e municípios, deve totalizar R$ 662,3 bilhões no próximo ano, com aumento de 12,5% sobre os R$ 588,7 bilhões esperados para este exercício.

As despesas obrigatórias da União, por sua vez, devem crescer 13,1%, de R$ 402,9 bilhões para R$ 455,9 bilhões. As despesas livres (chamadas de discricionárias) vão passar de R$ 136,2 bilhões para R$ 151,9 bilhões, uma alta de 11,5%.

Leia tudo sobre: orçamento

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG