Os partidos de oposição deverão aumentar a pressão sobre o governo no Congresso, cobrando explicações sobre o pacote de medidas anticrise, destinado a estimular o crescimento e reduzir o ritmo de demissões. A oposição já planejava questionar no Congresso o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre a compra de 49,9% do Banco Votorantim pelo Banco do Brasil.

Segundo o presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), a oposição deverá apresentar um pedido de convocação na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara pedindo explicações do ministro. Também serão chamados o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e da Petrobrás, José Sergio Gabrielli.

"São movimentos muito importantes de recursos públicos com muito pouca transparência", disse. "Pior, indicam uma situação muito difícil na Petrobrás."

Leia também:

Leia mais sobre Guido Mantega

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.