Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Oposição quer fiscalização do MP em eventual compra de bancos

O deputado Paulo Renato (PSDB-SP) protocolou nesta quarta-feira, em nome de seu partido, um requerimento no Ministério Público pedindo que a instituição e o Tribunal de Contas da União (TCU) designem procuradores para acompanhar eventuais compras de bancos privados por bancos públicos. O requerimento também pede fiscalização nas possíveis compras de ações de empresas de construção pela Caixa Econômica Federal ¿ dois tipos de transação que foram autorizadas pela Medida Provisória 443.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

 

De acordo com Renato, sem a fiscalização não é possível saber se o governo vai comprar bancos e ações de empresas pelo preço de mercado. "Como saber se não vai haver sobrepreço?", questionou.

Renato também avaliou que a compra de bancos e de ações de construtoras é uma maneira de dar subsídio a empresas afetadas pela crise, algo que na noite desta terça-feira o ministro Guido Mantega, na Câmara dos Deputados, disse que não faria.

"Ele (Mantega) mentiu descaradamente", afirmou.

CPE

Outro membro da oposição, líder do PPS, deputado Fernando Coruja (RJ), também propôs mecanismos de fiscalização do governo durante a crise. Ele vai levar ao plenário a proposta de criação de uma Comissão Parlamentar Externa (CPE), para ficar junto ao Banco Central, Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e ministério da Fazenda.

Mais notícias:

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG