RIO - A situação começou a melhorar nos aeroportos do Rio de Janeiro. O Santos Dumont reabriu e opera por instrumentos, tanto para pouso quanto para decolagens.

RIO - A situação começou a melhorar nos aeroportos do Rio de Janeiro. O Santos Dumont reabriu e opera por instrumentos, tanto para pouso quanto para decolagens. Segundo a Infraero, o aeroporto amanheceu fechado, abrindo somente às 9h15 e voltando a fechar às 11h15. De acordo com a estatal, dos 72 voos programados para o Santos Dumont até as 13 horas, 15 decolaram com atraso (20,8% do total). Foram cancelados 40 voos no aeroporto hoje, ou 55,6% do total. No Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), as operações aconteceram normalmente durante todo o dia, embora tenha havido reflexos em função do fechamento do Santos Dumont. A Infraero explicou que as operações no Galeão são influenciadas pelo desvio de voos que pousariam normalmente no Santos Dumont. Dos 63 voos programados para a manhã de hoje no Galeão, 33 decolaram com atraso (52,4% do total). Nos voos internacionais, 8 das 14 decolagens, ou 57,1%, foram feitas com atraso. Não houve cancelamentos de voos no aeroporto internacional do Rio hoje. A principal via de acesso à cidade, a Rodovia Presidente Dutra, está com os acessos livres tanto pela Linha Vermelha, quanto pela Avenida Brasil. A CCR NovaDutra, que administra a rodovia, alerta os motoristas para os problemas nas principais vias dentro da capital do Estado, que ainda sofre com a chuva. "A pedido da prefeitura do município, a CCR NovaDutra alerta aos motoristas que seguem com destino à cidade do Rio de Janeiro que aguardem melhores condições de tráfego ou adiem sua viagem para a capital fluminense", diz a nota divulgada pela concessionária. (Rafael Rosas | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.