Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Operação-padrão e mau tempo quase cancelam cúpula

A principal empresa aérea da Argentina, a Aerolíneas Argentinas, quase provocou o cancelamento da Cúpula do Mercosul, na cidade de San Miguel de Tucumán, a 1.300 quilômetros de Buenos Aires.

Agência Estado |

O desastre não se deu porque a chancelaria argentina mobilizou aviões oficiais e de outras companhias para buscar as autoridades, negociadores, técnicos e jornalistas no aeroporto Jorge Newbery.

O caos começou no sábado, com os nevoeiros densos que cobriram Buenos Aires e complicou-se por causa de uma operação-padrão das tripulações da Aerolíneas. Piorou com os cancelamentos de vários de seus vôos - inclusive os que se destinavam a Tucumán. Alguns aviões decolaram nos momentos de céu limpo. Mas nenhum para a cidade que abrigaria a Cúpula.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG