Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Operação com derivativos derruba lucro da CSN em 94,3% no 3o tri

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) teve lucro líquido de 40 milhões de reais no terceiro trimestre, ante lucro de 699 milhões de reais no mesmo período do ano passado, em queda influenciada por perdas da empresa em operações com derivativos. A siderúrgica encerrou o período de julho a setembro com um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) de 2,1 bilhões de reais, frente a 1,307 bilhão de reais no terceiro trimestre de 2007.

Reuters |

A receita líquida totalizou 4 bilhões, batendo um recorde trimestral da empresa. Nos primeiros nove meses do ano, a receita líquida da CSN totalizou 10,6 bilhões de reais, outro recorde.

Em nota, a companhia afirmou que a queda no lucro líquido refletiu um aumento de despesas financeiras decorrente da queda de aproximadamente 23 dólares nos ADRs da empresa, "a qual impactou de forma negativa o resultado financeiro da operação de Total Return Equity Swap celebrado pela companhia".

Essa operação, explicou a CSN, consiste na troca de rentabilidade de ativos de taxa de juros contra a variação da cotação dos ADRs da empresa.

A CSN calcula ter perdido 1,3 bilhão de reais com essa operação no terceiro trimestre de 2008.

"Ainda assim, os ganhos acumulados pela companhia com a operação, mesmo após as perdas verificadas no terceiro trimestre de 2008, correspondem a aproximadamente 1,8 bilhão de reais", afirmou a empresa.

A CSN realiza esse tipo de operação desde 2003.

(Por Fabio Murakawa)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG