Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Opep quer que Indonésia permaneça no cartel apesar de ser importador

Jacarta, 29 jul (EFE).- A Organização dos Países Exportadores do Petróleo (Opep) pediu hoje à Indonésia que continue sendo membro do cartel, apesar de o país asiático ter se transformado nos últimos anos em importador líquido de petróleo.

EFE |

O presidente da Opep e ministro da Energia da Argélia, Chakib Khelil, lembrou que a Indonésia teve um papel importante dentro da organização, mas ressaltou que a decisão final corresponde apenas a Jacarta.

"A decisão de permanecer ou sair da Opep é uma decisão soberana", disse Khelil, após se encontrar hoje com o presidente da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono.

Além disso, minimizou a questão da saída, e destacou que outros países como o Equador abandonaram o cartel durante alguns anos e depois se reincorporaram como membros.

A Indonésia anunciou em maio sua intenção de sair da Opep no final do ano, diante da forte queda de sua produção de petróleo, que o transformou em um importador líquido. EFE jpm/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG