A Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) afirmou estar preocupada com a estabilidade da demanda futura de combustível e com as incertezas que isto provoca sobre os investimentos necessários para garantir a produção.

"Nossa preocupação se refere à segurança da demanda", disse o presidente da Opep, Chakib Jelil, que também é ministro de Petróleo da Argélia, no Congresso Mundial de Petróleo que acontece em Madri.

Ele acrescentou que entre os países do cartel - responsável por 40% da produção mundial de petróleo - existem "grandes incertezas" sobre a possibilidade de realizar os investimentos necessários em obras de infra-estruturas para aumentar a produção.

ded/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.