A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) anunciou hoje que irá realizar uma reunião extraordinária no dia 18 de novembro em Viena. O objetivo do encontro é avaliar a necessidade de cortes adicionais de produção para estancar a queda de cerca de 40% nos preços do petróleo desde julho.

O grupo confirmou, em nota, que fará a reunião em razão da elevação dos problemas de crédito que resultaram numa "profunda crise financeira". No comunicado, o grupo promete manter o mercado global de petróleo "equilibrado".

O ministro de Energia do Catar, Abdullah al-Attiyah, disse que o grupo de países procura, naturalmente, assegurar seus próprios interesses, da mesma maneira que outros nações fazem. "Se o preço do petróleo continuar a cair, nós teremos problemas", disse.

A próxima reunião da Opep estava marcada para dezembro. No mês passado, a organização determinou corte de produção de 500 mil barris diários. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.