Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Opep está pronta para cortar produção este mês, diz secretário

TEERÃ - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) está pronta para cortar a produção de maneira significativa quando se reunir neste mês na Argélia devido aos altos estoques de petróleo, disse o secretário-geral do grupo na segunda-feira.

Reuters |

"Estamos todos voltados para um corte na Argélia", disse Abdullah al-Badri em entrevista à imprensa em Teerã, dois dias depois de o grupo ter decidido em uma reunião no Cairo adiar uma decisão sobre a questão.

"O mercado está excessivamente abastecido porque estamos vendo estoques muito altos, de 55 a 56 dias", disse ele a repórteres em uma conferência de energia na capital iraniana.

Questionado sobre se haveria uma decisão para reduzir a produção na reunião de 17 de dezembro do cartel em Oran, na Argélia, Badri disse:

"Haverá ação lá... será uma boa quantidade, uma boa quantidade". Ele não deu números específicos.

Delegados afirmaram que a maior parte dos membros, incluindo produtores do golfo liderados pela Arábia Saudita, vêem a necessidade de reduzir outros 1 a 1,5 milhão de barris. Mas para isso acontecer, segundo os delegados, Riad quer garantias de que todos os membros estão cumprindo sua parte nos cortes já determinados anteriormente.

De acordo com Badri, o nível de aquiescência dos membros da Opep é de mais de 80%, segundo estimativas.

"Vamos esperar até dezembro para que não tenhamos que atirar no escuro", disse ele ao ser questionado sobre porque a Opep não determinou mais um corte em sua reunião no Cairo.

Leia mais sobre petróleo

Leia tudo sobre: petroleopetróleo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG