SÃO PAULO - O presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Chakib Khelil, manifestou nesta terça-feira que o cartel está preocupado que a demanda futura por petróleo possa não ser forte o suficiente para justificar investimentos visando à ampliação da produção.

A preocupação que temos é sobre a segurança da demanda, sustentou durante o Congresso Mundial do Petróleo, que ocorre em Madri, na Espanha. Ele reforçou que as incertezas elevaram os riscos para os países produtores de petróleo fazerem aportes em infra-estrutura.

Segundo Khelil, a preocupação com a demanda futura decorre das perspectivas econômicas em nível internacional, das estimativas para os preços do petróleo, da crise financeira e da promoção de energias alternativas em muitos países.

Ontem, o representante da Opep rejeitou pedidos para estabelecer uma banda de preços para o petróleo, recordando que os países produtores e consumidores nunca concordaram com preço algum.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.