A Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) deve reduzir em dois milhões de barris por dia sua produção, declarou nesta quarta-feira o ministro saudita do petróleo, Ali al-Nouaïmi, em Oran, na Argélia, onde está acontecendo a reunião do cartel.

"O que vamos provavelmente fazer hoje, é tomar a decisão, para a Opep, de reduzir em dois milhões de barris por dia", afirmou al-Nouaïmi a jornalistas.

A reunião dos ministros do cartel, que fornece mais de 40% do petróleo consumido no mundo, começou na manhã desta quarta-feira.

Esta baixa, a terceira em quatro meses, seria a maior já anunciada pela organização desde a entrada em vigor do sistema de cotas em 1982, segundo a Opep. A última queda mais forte, de 1,7 milhões de barris por dia, foi em 1999.

Leia mais sobre petróleo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.