A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) tem consenso para cortar a produção no encontro que fará esta semana e a Rússia provavelmente acompanhará a decisão, disse ontem o presidente do cartel. Com base nos contatos que fiz recentemente com meus parceiros na Opep, particularmente o ministro de Petróleo saudita, há um consenso para cortar a produção, disse Chakib Khelil, segundo os jornais da Argélia, onde a Opep se reúne amanhã.

Ele não especificou o tamanho provável do corte a ser decidido, mas disse que a Arábia Saudita começará a reduzir sua produção em 8% a partir de janeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.