Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Opep decide reduzir produção em 2,2 milhões de barris

ARGÉLIA - O presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Chakib Khelil, disse, logo após o cartel anunciar a redução da produção para 2,2 milhões de barris, que vê a faixa de US$ 70 a US$ 80 por barril como o preço justo para o petróleo e que gostaria de ver os estoques se reduzirem ao suficiente para cobrir 52 dias de demanda.

Agência Estado |

Falando ao fim da reunião de ministros dos países da Opep em Orã, na Argélia, Khelil afirmou que o cartel não precisará fazer nenhuma mudança nas metas de produção até a próxima reunião regular do cartel, em março de 2009.

Na reunião desta quarta, a Opep decidiu reduzir a produção em 2,2 milhões de barris por dia em relação aos níveis atuais, a partir de janeiro de 2009. Isso equivale a um corte de produção de 4,2 milhões de barris por dia em relação ao nível de agosto de 2008, um pouco antes de o cartel iniciar uma série de reduções em reação à queda dos preços do produto. 

Durante os últimos meses, o petróleo é negociado em torno de US$ 43 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês).  

Leia tudo sobre: opep

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG