Os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deverão decidir por uma significativa redução da produção quando se reunirem na próxima sexta-feira, segundo o presidente da entidade, Chakib Khelil, citado hoje por agências de notícias da Argélia. Haverá uma redução da produção e essa redução deverá ser significativa para restabelecer o equilíbrio entre a oferta e a demanda, teria afirmado Khelil à agência APS.

Khelil, que também é ministro de Energia da Argélia, mencionou 1,5 milhão e 2 milhões de barris diários como exemplos do volume de produção que poderá ser cortado.

A Opep está sofrendo pressão de seus membros para diminuir a produção depois que os preços do petróleo caíram pela metade em dois meses, para abaixo de US$ 70 por barril, em meio à turbulência econômica global. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.