Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Opep continuarão cortando a produção até que os preços se estabilizem

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) está decidida a cortar sua produção de petróleo até conseguir que os preços se estabeleçam, afirmou nesta sexta-feira o presidente do cartel, Chakib Jelil, que também é ministro argelino de Minas e Energia.

AFP |

Jelil fez estas declarações à margem de uma conferência em Londres entre países produtores e consumidores de petróleo, e dois dias depois de uma reunião da Opep em Oran, Argélia, na qual o cartel decidiu uam redução de sua produção de 2,2 milhões de barris por dia para fazer frente à queda de preços.

Apesar de suas declarações, o preço do bruto continuava registrando quedas recordes.

Os preços desabaram nesta sexta-feira, em Nova York, abaixo dos 34 dólares o barril, pela primeira vez em mais de quatro anos e meio, influenciados pela redução da demanda mundial, que ofuscou um histórico corte da produção da Opep.

Às 11H45 GMT, o barril de West Texas Intermediate (WTI) para entrega em janeiro registrava 33,44 dólares, seu nível mais baixo desde 2 de abril de 2004.

fpo-rfj/cn

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG