Tamanho do texto

Os membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) estão unanimemente de acordo em reduzir a produção de petróleo, afirmou nesta segunda-feira, na Argélia, o presidente do cartel, Chakib Jelil, dois dias antes de uma esperada reunião do organismo.

"Todo mundo é favorável a uma redução, não tenho dúvida a respeito", enfatizou.

O cartel se reunirá na quarta-feira, em Oran, na expectativa de reduzir novamente suas cotas oficiais de produção, atualmente fixadas em 27,3 milhões de barris diários (mbd).

Os preços do petróleo perderam mais de 70% de seu valor depois de terem alcançado, em julho, seu recorde histórico de quase 150 dólares o barril.

Leia mais sobre petróleo