ONU prevê aumento do comércio na América Latina e Caribe em 2010

SANTIAGO (Reuters) - O comércio com a América Latina e o Caribe aumentará em 2010 à medida que a região se recupera da crise global, disse na quinta-feira o organismo econômico da Organização das Nações Unidas (ONU) para a América Latina.

A previsão é de um crescimento de 21,4 por cento nas exportações em relação ao ano anterior e de 17,1 por cento nas importações, na mesma base de comparação.

A demanda doméstica mais dinâmica, o aumento dos investimentos na região e as exportações por trás da crescente demanda vinda da Ásia e dos Estados Unidos estão ajudando o comércio a decolar neste ano.

"O melhor desempenho é observado nos países que exportam matérias-primas, enquanto a recuperação é mais lenta em países que importam produtos básicos e dependem de turismo e de remessas de valores", indicou o relatório.

O Chile, principal produtor mundial de cobre, deve aumentar as exportações em 32,6 por cento em 2010 na comparação com o ano anterior. As exportações mexicanas devem subir 16 por cento.

Os países em desenvolvimento vão contribuir mais que as nações industrializadas para o crescimento das exportações mundiais em 2010, após uma queda nas exportações no ano passado, afirmou o relatório.

(Reportagem de Antonio de la Jara)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.