A explosão dos preços do petróleo e os temores sobre o aquecimento global incentivaram fortemente os investimentos em energias renováveis no mundo, principalmente a eólica, em 2007, segundo estudo do Programa do Meio Ambiente das Nações Unidas (Unep, em inglês) publicado nesta terça-feira.

O aumento dos investimentos nessas fontes de energia limpa representou mais 60%, ou 148 bilhões de dólares ano passado, em relação a 2006.

A energia eólica continuou atraindo a maioria dos investimentos em 2007 com 50,2 bilhões de dólares , ou seja um terço de todo o investimento em energia limpa, mas a solar também registrou uma boa performance, com 28,6 bilhões de dólares, um crescimento médio anual de 254% desde 2004, segundo o relatório do Unep sobre tendências mundiais do investimento em energia sustentável.

A disparada desses tipos de aplicações financeiras, que começou nos últimos três ou quatro anos, é incentivada pela multiplicação de licitações públicas nos países preocupados em garantir sua segurança energética.

js/ces/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.