Tamanho do texto

A solução para evitar novas quedas no sistema de transmissão da Hidrelétrica de Itaipu pode passar pela instalação de pequenos guarda-chuvas (ou chapéus chineses) para proteger, nas linhas de transmissão, os equipamentos conhecidos como isoladores. Esses aparelhos têm como função evitar elevações abruptas de tensão.

O relatório que está sendo elaborado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) sobre o apagão do mês passado deverá apontar entre as possíveis causas do blecaute uma eventual falha nesses isoladores, provocada pelo excesso de água da chuva.

"Podemos sugerir a instalação desses guarda-chuvas para dar aos isoladores uma suportabilidade acima da exigida na norma", disse o diretor-geral do ONS, Hermes Chipp, após quase quatro horas de reunião do grupo de trabalho, que foi criado pelo governo federal para estudar as causas do blecaute. O apagão deixou 18 Estados sem luz por algumas horas, no dia 10 de novembro.

Chipp, entretanto, afirmou que essa ainda é uma hipótese em estudo. O relatório definitivo do ONS - conhecido como Relatório de Análise de Perturbação (RAP) - será apresentado ao grupo de trabalho e à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na próxima sexta-feira, dia 4.

O que as autoridades já sabem, até o momento, é que as linhas que transportam energia de Itaipu para São Paulo foram desligadas após três curto-circuitos quase simultâneos.

Na versão do governo, as falhas podem ter sido causado por descargas atmosféricas ou por problemas nos isoladores (sendo que uma das hipótese é a de que o excesso de água tenha sido responsável pela falha desses equipamentos).

Depois que o ONS encaminhar o relatório à Aneel, caberá à agência tocar as investigações e, na condição de órgão regulador e fiscalizador, punir eventuais culpados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.