Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

ONGs propõem política climática

Representantes da sociedade civil entregam hoje para deputados federais e para os ministros do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia um documento com sugestões para a formulação da Política Nacional de Mudanças Climáticas. Organizado pelo Observatório do Clima, uma rede de articulação sobre o tema, o documento, escrito em formato de projeto de lei, pede que o governo demonstre mais maturidade no combate ao problema e assuma uma posição de liderança nas negociações internacionais, com compromissos de redução das emissões de gases-estufa.

Agência Estado |

A proposta tem como objetivo trazer melhorias para a política que está em discussão na Câmara. "O que está lá no momento não dá conta da multiplicidade de problemas e questões relacionadas às mudanças climáticas", afirma Rachel Biderman, do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas, órgão que atuou como facilitador do Observatório do Clima.

A política foi atropelada pela apresentação, pelo governo, do Plano Nacional de Mudanças Climáticas, sem metas e muito criticado pelas organizações. Fora esses problemas, ele por princípio não poderia ter sido anunciado antes que se construísse uma política nacional para a questão, explica Rachel.

"É preciso dar um passinho para trás, criar uma política, aprovar a lei e depois lançar o plano." O motivo da pressa é que o governo tem a intenção de mostrar na conferência do clima da ONU em dezembro que já tem alguma coisa em mãos. "O governo diz que o plano é passível de revisão, mas isso é levar lição de casa incompleta", afirma.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG