Tamanho do texto

O chanceler Celso Amorim declarou que o Brasil aceitou a série de medidas apresentadas pelo secretário-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, e qualificou de grande passo na direção de um acordo as discussões desta sexta-feira em Genebra.

"Considero que demos um grande passo hoje", afirmou Amorim ao término de uma reunião dos ministros das sete maiores potências comerciais (Estados Unidos, União Européia, Índia, Brasil, Japão, Austrália e China), ampliada em seguida aos ministros de outros 30 países.

"Não é um passo completo, porque um dos membros do G7 ainda não concorda com o pacote de medidas", destacou o chanceler, sem revelar o nome do país.

De acordo com uma fonte diplomática, a Índia foi a principal voz dissonante nesta reunião, destinada a salvar a rodada de Doha.

js/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.