Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

OMC cogita realizar reunião de ministros para fechar rodada de Doha

Genebra, 8 dez (EFE) - O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, descartou hoje uma reunião ministerial entre os dias 13 e 15 de dezembro, como era cogitado, e deixou em aberto a possibilidade de que o encontro seja realizado de 17 a 19 deste mês.

EFE |

O diretor-geral da OMC pretendia convocar uma reunião ministerial no final desta semana para respaldar a solicitação feita pelo Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes) de que a Rodada de Desenvolvimento de Doha termine este ano como um sinal de unidade perante a crise financeira mundial.

Lamy tomou a decisão após as consultas que manteve com os ministros de Brasil, Austrália, China, Estados Unidos, Índia, Japão e da União Européia (UE) e com os chefes de delegação dos outros países.

Eles o convenceram de que ainda existem muitos pontos de divergência que impedem que seja obtido o consenso necessário, pelo menos esta semana.

No sábado, os presidentes dos grupos de negociação de agricultura e produtos industriais apresentaram novas minutas de acordo -a quarta revisão- que foram acolhidas positivamente por algumas nações, mas que encontraram uma clara rejeição por parte dos Estados Unidos.

Nas últimas semanas e, sobretudo, nas últimas horas, Lamy tentou, em vão, convencer todas as partes da necessidade de se reunir para concluir as negociações.

Quando tudo parecia indicar que a reunião seria cancelada, o diretor-geral da OMC optou por um ponto intermediário, descartando a opção da reunião de 13 até 15 de dezembro, e em aberto a possibilidade de convocá-la de 17 a 19 deste mês. EFE mh/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG