Tamanho do texto

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) alerta que o desemprego mundial deve ter uma alta considerável este ano por causa da crise. Antes mesmo das turbulências de setembro, a OIT previa que 5 milhões de novos desempregados seriam somados aos que não têm emprego no mundo.

"Precisamos nos preocupar com as pessoas pobres... não podemos só salvar os grandes bancos", disse Juan Somavia, diretor da OIT. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.