Tamanho do texto

Londres, 12 - A produção mundial de café em 2008/09 deverá alcançar 131 milhões de sacas de 60 quilos, estimou hoje a Organização Internacional do Café (OIC). O número representa uma alta de 3 milhões de toneladas sobre a previsão de agosto, e também ultrapassa a produção de 2007/08, que foi de 118,2 milhões de sacas.

A revisão para cima deve-se principalmente à produção maior do que o esperado no Brasil.

Segundo o diretor-executivo da OIC, Nestor Osorio, apesar de o Brasil ter a maior produção desde 2002/03, o fluxo das exportações do País será restrito devido aos baixos estoques de abertura, a necessidade de estocar café antes do período de produção menor em 2009/10 e devido ao programa de leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro).

Além disso, o consumo interno brasileiro pode crescer para mais de 18 milhões de sacas em 2008/09. "Os compromissos de exportação de café do Brasil em 2008 e em 2009 precisarão ser planejados cuidadosamente", afirmou Osorio.

A OIC estimou o consumo global de café em 2007 em 124,7 milhões de sacas, uma alta de 2,93% sobre 2006. "Se as taxas atuais de crescimento tiverem continuidade, o consumo mundial pode avançar para cerca de 128 milhões de sacas em 2008", disse ele. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.