Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Oi vai recorrer de aumento no preços das OPAs de TNCP e Amazônia

SÃO PAULO - Em comunicado ao mercado, a Oi (ex-Telemar) informou hoje que irá recorrer ao colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de decisão da área técnica da autarquia, que determinou ontem um reajuste de 17,69% no preço que a empresa ofertará pelas ações dos minoritários de Tele Norte Celular Participações (TNCP) e Amazônia Celular, empresas que tiveram seus controles adquiridos pela Oi. No documento, a Oi também informa que, por este motivo, as ofertas públicas foram suspensas, bem como o leilão para a compra dos papéis, que estava marcado para amanhã. A suspensão será mantida, de acordo com a operadora, até que a CVM se manifeste definitivamente sobre o tema.

Valor Online |

Com o aumento determinado ontem, passou de R$ 79,51 para R$ 93,58 o preço para os papéis da TNCP e de R$ 121,61 para R$ 143,13, no caso da Amazônia.

A mudança na decisão foi originada por uma queixa de um acionista minoritário, que informou à autarquia que o preço oferecido pelo controle da TNCP, de R$ 123 milhões, não contemplou o valor pago pelo direito de subscrição das ações dessa empresa, que seriam de R$ 22,61 milhões. A CVM acatou o pedido e determinou que este último valor também fosse estendido aos minoritários.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG