Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Oi nega que tarifa de celular seja anticompetitiva

O presidente da Oi, Luiz Eduardo Falco, defendeu as empresas de telefonia móvel da acusação de práticas anticompetitivas. Ele disse hoje que as tarifas de interconexão da rede móvel (conhecidas como VU-M) cobradas pelas empresas de telefonia móvel para que outras companhias usem suas redes são homologadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Agência Estado |

A declaração de Falco foi uma reação à decisão da Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça, de abrir processo para investigar a Oi, a TIM, a Vivo e a Claro por supostas práticas anticompetitivas na cobrança de tarifas de interconexão.

"As tarifas de VU-M são homologadas pela Anatel para todo mundo. Não temos tarifas diferenciadas de um para o outro. Tudo isso está dentro da regulamentação", afirmou Falco.

Na opinião do executivo, se alguém se sente prejudicado pela cobrança da interconexão, a SDE tem mesmo de verificar o assunto. "Mas acho que está havendo uma falta de compreensão. As tarifas são homologadas e iguais para todos", declarou Falco, após participar de reunião do Conselho Consultivo da Anatel.

Leia tudo sobre: telefonia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG