Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Odebrecht foi a vencedora da concessão para explorar a rodovia Dom Pedro I, no Estado de São Paulo. O grupo propôs receber R$ 0,101414 por quilômetro nas tarifas de pedágio, o que representa um deságio de 6,01% sobre o preço previsto no edital de licitação, de R$ 0,107910 por quilômetro para os trechos de pista dupla.

A Triunfo Participações, que também havia apresentado proposta para a rodovia, retirou a oferta pouco antes da abertura dos envelopes.

A Odebrecht será responsável pela administração de um trecho de 297 quilômetros deste corredor, que liga a região do Vale do Paraíba e Campinas, passando por Bragança, Itatiba e Paulinia. Além disso, terá que cuidar de 81,4 quilômetros de estradas vicinais. A empresa terá de pagar uma outorga de R$ 1,342 bilhão no prazo de 18 meses, sendo 20% à vista. O grupo também será responsável por investir R$ 2,410 bilhões durante os 30 anos da concessão.

(Valor Online)