Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Obra da primeira usina solar do país começa neste mês

MPX, do grupo de Eike Batista, construirá projeto de geração de energia em Tauá, no sertão cearense

Danilo Fariello, enviado especial a Tauá (CE) |

Começam ainda neste mês as obras da primeira usina de geração de energia solar no país, que estará localizada em Tauá (CE). A cidade se prepara para receber o projeto piloto da MPX, empresa do grupo EBX, de Eike Batista, que poderá abastecer inicialmente 1500 residências. Futuramente, porém, já existe autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para se ampliar em 5 vezes essa capacidade.

A cidade de Tauá, com 56 mil habitantes, foi escolhida por estar muito próxima da linha do Equador e, portanto, entre as regiões que recebem a maior incidência de raios solares no país. O projeto, com orçamento previsto em R$ 12 milhões, terá 4400 painéis fotovoltaicos numa área de 12 mil metros quadrados.

A Prefeitura de Tauá espera que, para as obras, sejam gerados cerca de 200 empregos no município e que, futuramente, poderão haver  até 1500 empregos. A prefeitura torce, ainda, para que o governo do Ceará atraia para a cidade uma fábrica de painéis solares da empresa chinesa Yingli.

A construção da usina conta com uma série de incentivos estaduais e federais, para ter preço de geração competitivo com as grandes hidrelétricas, além de recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Porém, o custo por Megawatt (MW) gerado da usina solar, enquanto as placas não são feitas aqui, é de seis a sete vezes maior do que o da termelétrica a carvão.

Clique aqui
e veja vídeo em 3D produzido pela MPX para explicar o funcionamento da usina solar.

Leia tudo sobre: cearáenergia solarmpxtauá

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG