Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Obama reúne-se com equipe de conselheiros hoje e com Bush na segunda

SÃO PAULO - O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, começou a ajeitar seu futuro gabinete. Ontem, Rahm Emanuel, antigo integrante do governo Bill Clinton, aceitou ser chefe de gabinete da nova gestão.

Valor Online |

Além de ser considerado um bom amigo por Obama, o futuro ocupante da Casa Branca notou que Emanuel teve profundas percepções sobre questões econômicas desafiadoras que serão o centro da próxima administração.

"Eu anunciei esta escolha primeiro porque o chefe de gabinete é crucial para a capacidade de um presidente e administração cumprir uma agenda", declarou Obama. Emanuel tem reputação de político impulsivo, o que aparentemente vai contra com o clima de mudança defendido pelo presidente eleito.

Na segunda-feira da próxima semana, Obama e sua mulher, Michelle, se encontrão com o atual dirigente dos EUA, George W. Bush, e a primeira-dama Laura Bush.

"Michelle e eu estamos ansiosos em encontrar com o presidente Bush e a primeira-dama na segunda-feira para iniciar um processo de transição suave e efetivo", destacou Obama em nota. "Agradeço a ele por alcançarmos o espírito do bipartidarismo necessário para superar os vários desafios que enfrentamos como uma nação", acrescentou.

Antes disso, porém, Obama tem encontro nesta sexta-feira com integrantes de um novo conselho econômico. O grupo inclui o investidor Warren Buffet, os ex-secretários do Tesouro americano Larry Summers e Robert Rubin, o antigo presidente do Federal Reserve (Fed) Paul Volcker, e a governadora do Michigan, Jennifer Granh, entre outros. Também participam do time Eric Schmidt, do Google, Dick Parsons, da Time Warner, e Anne Mulcahy, da Xerox.

A agenda de hoje do presidente eleito conta com a primeira coletiva de imprensa.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG