Tamanho do texto

O presidente eleito americano Barack Obama expressou nesta segunda-feira o desejo de lançar rapidamente um plano de recuperação econômica para criar 2,5 milhões de empregos e quebrar o círculo vicioso da crise atual, durante uma entrevista coletiva em Chicago.

Obama disse que os Estados Unidos estão enfrentando "uma crise econômica de dimensão histórica". "Nossa economia se encontra hoje em um círculo vicioso. Não temos um minuto a perder", alertou.

"Nossos mercados financeiros estão sob pressão, as compras de casas novas atingiram em outubro seu nível mais baixo dos últimos 50 anos, e foram registrados recentemente mais de meio milhão de novos desempregados", enumerou o presidente eleito.

"Se não atuarmos rapidamente, e com audácia, a maioria dos especialistas acham que poderemos perder milhões de empregos em 2009", avisou.

"Sabemos que não será fácil, e que as coisas não vão melhorar em um dia. Precisamos reunir os melhores espíritos da América para nos guiar, e é exatamente o que procurei fazer ao designar minha equipe econômica", prosseguiu Obama.

"Estas tensões extraordinárias em nosso sistema financeiro exigem respostas políticas extraordinárias", afirmou, prometendo lançar seu plano de recuperação econômica assim que o novo Congresso se reunir, no início de janeiro.

jit/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.