Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Obama quer que outras áreas do governo ajudem Fed a recuperar economia

SÃO PAULO - Pouco antes de o Federal Reserve (Fed) anunciar sua decisão sobre a taxa básica de juros dos EUA, o presidente eleito Barack Obama fez uma pelo para que outros órgãos do governo, e não apenas o banco central, contribuam com iniciativas para que o crescimento econômico norte-americano seja retomado. A expectativa da maioria dos analistas é de que o Fed reduza a taxa de juros em 0,50 ponto percentual hoje, para 0,50% ao ano. A decisão será anunciada às 17h15, no horário de Brasília.

Valor Online |

Obama disse que a munição tradicional do Fed para combater a recessão está acabando, na medida em que os juros se aproximam de zero, mas defendeu ações alternativas, como o plano de investimento em infra-estrutura que pretende lançar com o objetivo de criar 2,5 milhões de empregos. "Eles (Fed) estão chegando no nível mais baixo que eles podem e, ainda que o Fed tenha outras ferramentas a disposição, é crítico que outros órgãos do governo se prontifiquem (a ajudar)", disse Obama.

O comentário do presidente eleito foi feito após o anúncio do nome de Arne Duncan para secretário de Educação do seu governo.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG