Tamanho do texto

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, irá propor um aumento de impostos de US$ 634 bilhões para os norte-americanos mais ricos e cortes nos gastos federais na saúde particular pelos próximos dez anos, para usar o dinheiro resultante das medidas conjuntas em um novo projeto para universalizar a cobertura de saúde a todos os cidadãos dos EUA, disse nesta quarta-feira um funcionário graduado da administração. Os cortes nos gastos têm como objetivo não apenas poupar dinheiro para o novo projeto, mas também realizar cortes que o presidente e muitos especialistas acreditam ser críticos para a saúde financeira de longo prazo do país.

Os cortes afetarão uma série de interesses na saúde privada, incluídas empresas de seguro saúde, indústria farmacêutica e hospitais particulares. A proposta de impostos também limitará as deduções disponíveis para as pessoas que estão nas faixas mais altas de renda.

As propostas farão parte do rascunho feito para mudanças no orçamento, pretendidas pelo presidente, e que deverão ser apresentadas na quinta-feira. Todas essas propostas precisarão ser aprovadas pelo Congresso dos EUA. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.