catástrofe se plano de estímulo fiscal não for aprovado - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Obama prevê catástrofe se plano de estímulo fiscal não for aprovado

SÃO PAULO - Após a divulgação de que mais 598 mil postos de trabalho foram fechados em janeiro nos EUA, o presidente norte-americano, Barack Obama, aproveitou hoje para voltar a pressionar o senado americano a aprovar seu pacote de estímulo fiscal de mais de US$ 800 bilhões. Segundo Obama, os dados dão um senso de urgência para a passagem do plano no legislativo.

Valor Online |

"A lei que está no congresso não é perfeita, mas é absolutamente necessária", afirmou o presidente, acrescentando que se o governo falhar na sua resposta, "a crise pode se tornar uma catástrofe".

Para o presidente dos EUA, não existe desculpa para adiar a aprovação do pacote "enquanto milhões de americanos estão sendo mandados embora de seus empregos". A expectativa é de que o senado norte-americano vote ainda hoje o plano.

O número de vagas eliminadas em janeiro nos Estados Unidos, de 598 mil, foi o mais expressivo desde o fim de 1974. Com isso, a taxa de desemprego atingiu 7,6% no mês passado, a mais alta desde setembro de 1992. Desde o início da recessão em dezembro de 2007, a economia americana perdeu 3,6 milhões de postos de trabalho.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG