O presidente eleito Barack Obama pediu nesta sexta-feira medidas urgentes para ajudar os americanos a recuperarem seus empregos e estimular a economia, depois da http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/12/05/casa_branca_muito_preocupada_com_a_perda_de_empregos_nos_eua_3115005.htmlpublicação de dados alarmantes, os piores indicadores dos 15 últimos anos.

"Não existe remédio rápido ou fácil para esta crise, que se desenvolveu há vários anos. A situação vai piorar antes de melhorar", disse Obama em comunicado.

"Está na hora de reagir com determinação e urgência para recolocar as pessoas no trabalho e relançar nossa economia", acrescentou.

"Os 533.000 empregos perdidos no mês passado, as piores perdas de postos de trabalho em 34 anos, são mais do que um simples reflexo da crise econômica que estamos enfrentando. Cada uma dessas perdas de emprego representa uma crise pessoal para uma família em algum lugar dos Estados Unidos", afirmou.

A economia americana viu desaparecer 533.000 empregos em novembro, com a taxa de desemprego pulando para 6,7%, o nível mais alto dos 15 últimos anos, segundo os dados publicados nesta sexta-feira pelo departamento do Trabalho.

Os analistas apostavam na supressão de 325.000 postos de trabalho.

Leia também

Para saber mais

Serviço 

Opinião

Leia mais sobre emprego



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.