protecionista - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Obama: os EUA não podem enviar mensagem protecionista

Em entrevista à FOX News, nesta terça-feira, o presidente Barack Obama declarou que a presença de uma cláusula protecionista no plano de estímulo à economia atualmente em debate seria um erro, em meio aos inúmeros protestos dos parceiros comerciais dos Estados Unidos.

AFP |

"Estou de acordo com dizer que não podemos enviar uma mensagem protecionista", admitiu Obama.

"Verei a que tipo de formulação podemos chegar sobre esse tema", declarou, referindo-se ao megapacote em discussão no Congresso americano.

"Mas, no momento em que o comércio está em declínio, acho que seria um erro de nossa parte começar a enviar a mensagem que diria que nos preocupamos apenas com nós mesmos e que o comércio mundial não importa para nós", acrescentou.

Obama foi interrogado sobre uma cláusula inscrita, sob diferentes formas, nos projetos de plano de reativação em ambas as Câmaras do Congresso americano.

Na versão aprovada na semana passada pela Câmara de Representantes, a cláusula proíbe a compra de ferro, ou aço, estrangeiros para projetos de infra-estrutura financiados pelo plano de estímulo econômico - a menos que a oferta de aço americano seja insuficiente, ou que seu preço aumente o orçamento final em mais de 25%.

Na segunda-feira, o Senado começou a examinar seu próprio texto. A cláusula "Buy America" (Compre América) foi estendida para todos os produtos manufaturados.

Essas disposições geraram uma onda de protestos de importantes parceiros comerciais dos EUA, como a União Européia, que vêem nessa cláusula uma violação das regras de livre-comércio e da Organização Mundial do Comércio (OMC).

lal/tt

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG