Washington, 8 mai (EFE).- O presidente americano, Barack Obama, reconheceu hoje estar "muito preocupado" com os problemas europeus originados pela crise da dívida grega e disse que é importante para seu país que a Europa consiga estabilizar-se.

Washington, 8 mai (EFE).- O presidente americano, Barack Obama, reconheceu hoje estar "muito preocupado" com os problemas europeus originados pela crise da dívida grega e disse que é importante para seu país que a Europa consiga estabilizar-se. Em entrevista ao canal russo "Rossiya", Obama assegurou: "Estou muito preocupado com o que está acontecendo na Europa. Mas acho que é um assunto que os europeus reconhecem que é muito sério". O presidente disse, no entanto, que a "Grécia está adotando medidas muito difíceis, ou pelo menos iniciou um plano que contempla medidas difíceis", que permitirão estabilizar os mercados. "E se conseguirmos estabilizar a Europa, isso será bom para os Estados Unidos e também para a Rússia", disse Obama. Na entrevista, o presidente dos EUA se referiu também à situação da economia americana, que já entrou em fase de recuperação, e do dólar, que registrou altas nas ultimas semanas, especialmente em sua cotação frente ao euro. "Meu princípio básico é estabilizar os indicadores fundamentais da economia. Temos mecanismos de mercado para determinar o valor da moeda. E acho que se tivermos uma economia forte, então teremos um dólar forte". EFE pgp/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.