desastre contínuo para as famílias - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Obama: crise econômica é um desastre contínuo para as famílias

Washington, 30 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou hoje que a crise econômica atual é um desastre contínuo para as famílias e que a classe política deve atuar com rapidez e ousadia para enfrentá-la.

EFE |

Obama anunciou hoje na Casa Branca o lançamento de um grupo de trabalho liderado pelo vice-presidente Joe Biden que será responsável por propor medidas que favoreçam a classe média em um momento no qual o Produto Interno Bruto (PIB) do país caiu 3,8% no último trimestre de 2008.

Obama assinou também uma série de memorandos e ordens executivas em benefício de sindicatos, que, segundo ele, "permitirão melhorar as condições" para que os trabalhadores se organizem.

Obama faz estas declarações mo momento em que o Departamento de Comércio indicou a queda de 3,8% o Produto Interno Bruto (PIB), o segundo trimestre consecutivo em que a economia americana se retrai e a maior queda desde 1982.

O presidente admitiu que "a recessão se está agravando e a cada dia vemos uma nova rodada de demissões" nas empresas americanas.

"Não podemos arrastar os pés" na hora de tomar medidas, declarou, ao insistir em que devem se "criar trabalhos, mas não qualquer trabalho, mas empregos de qualidade".

Embora o grupo de trabalho deva se centrar em medidas para favorecer a classe média, Obama disse que "não esquecemos aos pobres".

A primeira reunião do grupo acontecerá em fevereiro na Filadélfia, anunciou Biden, que assegurou que "uma classe média forte equivale a um país forte".

"Não podemos ter o um sem o outro", acrescentou.

O grupo de trabalho será formado por funcionários de alto escalão do Governo que, além de suas sessões ordinárias, terão encontros com representantes de sindicatos, empresas e grupos comunitários, informou a Casa Branca.

Entre as metas fixadas se encontram a expansão da educação, a melhora da conciliação da vida de trabalho e familiar e a proteção da aposentadoria. EFE mv/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG