Washington, 30 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, analisou hoje com seus assessores os próximos passos a serem dados para conter o vazamento de petróleo no Golfo do México, anunciou a Casa Branca.

Washington, 30 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, analisou hoje com seus assessores os próximos passos a serem dados para conter o vazamento de petróleo no Golfo do México, anunciou a Casa Branca. Obama, que está em sua residência privada em Chicago com a família para o feriado de Memorial Day, amanhã, participou de uma videoconferência com sua assessora para Energia e Mudança Climática, Carol Browner, e o almirante Thad Allen, encarregado de coordenar as medidas de contenção do derramamento. Um comunicado da Casa Branca informou que os dois assessores explicaram a Obama os últimos esforços contra a maré negra, que incluíram oito incêndios controlados neste fim de semana. Também explicaram os preparativos realizados pela British Petroleum (BP), empresa responsável pelo vazamento, para serrar, com a ajuda de submarinos robô, o duto danificado do poço. A operação, segundo a BP, poderia começar na segunda ou terça-feira. Depois de serrado, o duto seria coberto com uma espécie de funil, que levaria o petróleo a navios na superfície. Até que o encanamento seja tapado, o vazamento de petróleo e gás poderia aumentar em 20%, segundo os assessores do presidente. EFE mv/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.