Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

O tipo mais barato no mercado é o de vinil

Considerando o preço para ter uma piscina em casa, a mais econômica, segundo os varejistas e técnicos, é a de vinil. De acordo com Rafael Vetere Neto, proprietário da empresa Moldstone Piscinas, o preço do metro quadrado de uma piscina de vinil, sem contar os custos de instalação do equipamento, fica em torno de R$ 500.

Agência Estado |

"Cerca de 65% das vendas que realizo são desse modelo", diz Vetere.

Segundo o gerente comercial da Aquanew Piscinas, Flávio Souza,uma piscina de vinil de 4m x 2m x 1,40m custa em torno de R$ 9 mil.

A facilidade de instalação é outro ponto forte da piscinas de vinil, segundo destaca o arquiteto Felipe Abbud, diretor-executivo do escritório Benedito Abbud.

Ele explica que essas piscinas consistem basicamente em uma estrutura de concreto armado revestida com uma manta de vinil.

Fibra de vidro

Outro modelo quase tão popular quantos as de vinil são as piscinas de fibra de vidro. De acordo com os lojistas, seu custo é um pouco superior ao modelo vinílico. "Elas são 20% mais caras", diz Vetere.

A instalação desse tipo de produto também é simples. "Após cavado o espaço onde a estrutura de fibra será montada, é colocada uma camada e areia na parte inferior e nas laterais, com a finalidade de sustentar a piscina, evitando trincas", diz Abbud. Por ser menos resistente, esse modelo não é indicado para solos menos rígidos, como os do litoral, por exemplo.

Apesar da facilidade de montagem, tanto os lojistas, quanto o arquiteto apontam o fato de serem construídas dentro de um padrão como algo que depõe contra esses modelos. "Ao contrário do modelo em vinil, ou azulejo, o cliente fica preso em um formato predefinido", frisa Souza, da Aquanew.

"Além disso, o transporte da estrutura é difícil. Nem sempre o espaço da residência é suficiente para que a levemos até o local da instalação", complementa Vetere, da Moldstone.

O último modelo é o mais tradicional, e cada vez menos usado, devido a seu custo e tempo de aplicação. Trata-se das piscinas de alvenaria.

A instalação dessas piscinas é similar ao sistema de construção das de vinil. Após cavar o local e concretar o piso e as laterais, as paredes são impermeabilizadas e revestidas com pastilhas de vidro ou azulejos.

A desvantagem em relação aos outros modelos são o tempo da obra e o seu custo. Segundo Vetere, dependendo do tipo de revestimento, uma piscina dessas pode custar até R$ 1,2 mil por metro quadrado.

Azulejos

Em termos de durabilidade, a piscina de azulejo é a que menos requer reparos. Segundo informações de técnicos, os azulejos podem durar até 30 anos sem serem trocados.

Já os modelos de fibra precisam receber pintura a cada 12 anos e os de vinil têm de ter seu revestimento trocado a cada dez anos.

Tratamento

No que diz respeito ao tratamento da água da piscina, não há diferença entre os três modelos (vinil, fibra e concreto).

Todos o métodos existentes podem ser aplicados em qualquer modelo desses. Segundo os lojistas já existem técnicas que dispensam o uso do cloro ou do ozônio, que causam alergias em algumas pessoas.

"Com um ionizador é possível eliminar o uso desses produtos químicos e também dispensar as despesas mensais de limpeza", destaca Souza, da empresa Aquanew. Segundo ele, um aparelho como esse custa em média R$ 2,3 mil.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG