Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

O governo italiano autoriza a venda da Alitália

O ministro italiano de Desenvolvimento, Claudio Scajola, autorizou oficialmente a venda da Alitalia ao consórcio de empresários da Companhia Aérea Italiana (CAI) por um bilhão de euros, anunciou nesta quarta-feira a imprensa italiana.

AFP |

"Com a venda completa-se o processo de criação da nova Alitalia, uma companhia de bandeira nacional privada, que continua a representar o país e o 'Made in Italy' no mundo", comentou Scajola.

O ministro autorizou ao comissário extraordinário da Alitália, Augusto Frantozzi, a vender os ativos da Alitalia à CAI tal como acertado.

Trata-se da última etapa de uma série de longas e complexas negociações para encontrar um comprador para a companhia de aviação italiana, em crise há vários anos.

A Alitalia pertence 49,9% ao Estado italiano e desde agosto passado estava sendo administrada por um comissário extraordinário.

O plano que liga a Alitalia a CAI prevê a demissão de mais de 3.250 trabalhadores, assim como a fusão com a Air One, a segunda companhia italiana.

Todas as propostas de compra da companhia de aviação italiana, ativa desde 1947 e em crise há uns dez anos, haviam fracassado até agora.

A Alitalia tem uma dívida de 1,2 bilhão de euros.

bur-kv/cn

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG