O operador de mercado Nyse Euronext, que gerencia o New York Stock Exchange, anunciou nesta quarta-feira, em plena crise financeira, que concretizou a compra de seu ex-concorrente, o American Stock Exchange (Amex).

A operação, no valor de 260 milhões de dólares, havia sido anunciada em janeiro prevendo sinergias de mais de 100 milhões de dólares anuais nos primeiros dois anos, a partir da concretização do acordo.

A Amex, velha praça de Nova York que perdeu terreno nos últimos anos, vinha tentando se aliar a outro operador havia meses. Contemplou fusão com vários atores, entre eles a Bolsa de Toronto e a Bolsa alemã Deutsche Boerse.

maj/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.