As Bolsas de Nova York operam em direções divergentes, com investidores acompanhando o noticiário e incertos quanto ao futuro do setor financeiro. As ações dos bancos Lehman Brothers, Washington Mutual, Merrill Lynch e da seguradora AIG estão entre os papéis que mais perdem.

As ações do Lehman chegaram a cair mais de 40% hoje. O site na internet da rede de notícias CNBC diz que o diretor-executivo do Lehman, Richard Fuld, está em busca de um comprador para o todo o banco. Os contratos derivativos (swap) de proteção ao risco de crédito (CDS, na sigla em inglês) do Lehman chegaram a operar hoje com spread semelhante ao do banco Bear Stearns pouco antes de seu colapso.

As ações do Washington Mutual também despencaram, com temores de que terá de levantar capital. Já a Merrill Lynch é, junto com Lehman, a instituição mais vulnerável atualmente em Wall Street, dizem analistas.

Às 13h54 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,26% e o S&P 500 perdia 0,18%. O índice Nasdaq operava em alta de 0,20%. As informações são de agências internacionais e da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.