As Bolsas americanas abriram em alta, tirando proveito da queda do preço do petróleo. Nas últimas semanas, o barril caiu mais de US$ 20,00, ajudando os mercados de ações a se recuperar dos níveis de tendência de baixa.

Às 11h35 (de Brasília), serão divulgados os níveis de estoques semanais de petróleo nos EUA, dado que pode mexer tanto com as cotações do petróleo quanto com os sinais das ações. Os investidores também avaliam hoje uma série de balanços corporativos e aguardam o Livro Bege (sumário das condições da economia americana, que será divulgado às 15 horas).

Apesar da abertura positiva, os índices permaneceram poucos instantes em alta. Às 10h34, o índice Dow Jones da Bolsa de Nova York já havia invertido a direção e caía 0,17% a 11.582 pontos; o Nasdaq cedia 0,11% a 2.301 pontos e o S&P 500 ganhava 0,03% a 1.277 pontos.

No pré-mercado, as ações da farmacêutica Pfizer, componente do índice Dow Jones, subiam 3,2%. O lucro da fabricante do medicamento contra o colesterol Liptor cresceu 119% no segundo trimestre de 2008 ante o de 2007, para US$ 2,78 bilhões (US$ 0,41 por ação). Excluindo itens, o lucro foi de US$ 0,55 por ação, mais que os US$ 0,54 por ação previstos por analistas.

Também componentes do Dow Jones, os papéis da fabricante de aviões Boeing recuavam 3,84%. O lucro da empresa caiu 19% no segundo trimestre, para US$ 852 milhões (US$ 1,16 por ação).

Já os papéis da Whirpool avançavam 7,12%. O lucro líquido da companhia que no Brasil controla a Brasmotor, e é dona das marcas Brastemp e Consul, caiu 27% no segundo trimestre, para US$ 117 milhões (US$ 1,53 por ação).

Das empresas que anunciaram resultados trimestrais ontem após o fechamento de mercado, Yahoo! subia 1,92%. O lucro do site de buscas caiu 18%, para US$ 131,2 milhões.

As ações do banco Washington Mutual caíam 4,62%. No segundo trimestre, o banco teve prejuízo de US$ 3,33 bilhões ante lucro de US$ 830 milhões no mesmo período de 2007. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.