Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nvidia demite 6,5% de sua força de trabalho em plano de reestruturação

SÃO PAULO - A fabricante de placas gráficas e processadores gráficos (GPUs) norte-americana Nvidia anunciou que irá demitir 6,5% de seus trabalhadores. No total, 360 pessoas em todo o mundo devem perder o emprego como parte de um processo de reestruturação da empresa, que tenta concentrar seus investimentos em áreas de crescimento estratégico.

Valor Online |

A Nvidia prevê que terá gastos de US$ 7 milhões a US$ 10 milhões relacionados a essas demissões, todos concentrados no terceiro trimestre do ano fiscal de 2009, que se encerra no próximo dia 26 de outubro. Os cortes deverão ter sido completados ao fim desse período, diz a empresa. Em nota, a companhia afirma que irá oferecer aos demitidos pacotes de ajuda financeira e programas de recolocação profissional.

"Essa medida de hoje é difícil, mas necessária considerando a realidade atual dos negócios", afirmou o presidente e executivo-chefe da Nvidia, Jen-Hsun Huang. "Apesar dessa redução, continuaremos investindo em oportunidades selecionadas de forte crescimento como nossa tecnologia de computação paralela CUDA e em nosso computador de chip único Tegra", acrescentou.

Segundo o executivo, essas medidas são uma resposta rápida da companhia para restaurar sua performance financeira e melhorar sua competitividade. "Todos nós na Nvidia estamos determinados a superar esses desafios como uma companhia mais forte", afirmou.

Há cerca de um mês, a empresa gastou US$ 196 milhões com um recall de chips defeituosos utilizados em notebooks fabricados pela Hewlett-Packard (HP) e pela Dell. Além disso, na California a empresa ainda enfrenta um processo judicial em que é acusada de ter escondido essas falhas em chips.

"(José Sergio Osse | Valor Online)"

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG