Washington, 29 abr (EFE).- O número semanal de solicitações de seguro-desemprego nos Estados Unidos caiu em 11 mil e ficou em 448 mil na semana passada, o mais baixo em um mês, informou hoje o Departamento de Trabalho.

Washington, 29 abr (EFE).- O número semanal de solicitações de seguro-desemprego nos Estados Unidos caiu em 11 mil e ficou em 448 mil na semana passada, o mais baixo em um mês, informou hoje o Departamento de Trabalho. Os números de pessoas que recebem o subsídio do Governo dos Estados e as que permanecem nos programas criados pelo Governo federal, apontam uma reativação econômica que está sanando o mercado de trabalho. Em quatro semanas a média dos pedidos de seguro-desemprego, que é um indicador menos volátil que o dado semanal, subiu em 1,5 mil e ficou em 462,5 mil. Por sua vez, o número de pessoas que recebiam o seguro-desemprego na semana que terminou no dia 17 de abril caiu 18 mil e ficou em 4,65 milhões. Somar-se a isso o número de pessoas que esgotaram o benefício coberto pelos Governos dos Estados e estão amparadas por programas do Governo Federal. Na semana que terminou no dia 10 de abril este número caiu em 91 mil e ficou em 5,4 milhões de pessoas. O número de solicitações de subsídio é uma medida das demissões e tende a diminuir à medida que o emprego cresce. Desde que a recessão começou em dezembro de 2008, a maior economia do mundo perdeu mais de 8 milhões de postos de trabalho. O número de pessoas que permanecem por vários meses na lista de seguro-desemprego mostra as dificuldades existentes para encontrar um novo emprego. EFE jab/pb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.