Washington, 1 jul (EFE).- O número semanal de solicitações do seguro-desemprego nos Estados Unidos aumentou em 13 mil e ficou em 472 mil na semana passada, informou hoje o Departamento de Trabalho.

Washington, 1 jul (EFE).- O número semanal de solicitações do seguro-desemprego nos Estados Unidos aumentou em 13 mil e ficou em 472 mil na semana passada, informou hoje o Departamento de Trabalho. A média em quatro semanas das solicitações, que são um indicador menos volátil, subiu em 3.250 e ficou em 466 mil, a mais alta desde o começo de março. O aumento das solicitações poderia assinalar que as turbulências nos mercados financeiros derivadas da crise da dívida na Europa estão levando os EUA a uma nova rodada de reduções do pessoal empregado. Nesta época do ano, além disso, as administrações públicas reduzem pessoal nas escolas, o que também teve impacto no número de solicitações da semana passada. Na semana que termina no dia 19 de junho o número de pessoas que seguiam recebendo o subsídio pago pelos Estados subiu em 43 mil e chegou aos 4,62 milhões. Este número não inclui às pessoas que, tendo esgotado o subsídio normal de 26 semanas pago pelos Estados, recebem agora a ajuda ao desemprego ao amparo de uma série de programas do Governo federal. Na semana que terminou no dia 12 de junho este contingente diminuiu em 376 mil pessoas e ficou em 4,92 milhões. O Departamento de Trabalho calcula que 3,3 milhões de pessoas ficarão sem esses subsídios prorrogados até o fim de julho a menos que o Congresso aprove uma legislação de emergência. EFE jab/pb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.